faceralis

 

guia2020

tiagoTiago Almeida apareceu em diversas provas do Open e dos regionais ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo III, numa época de 2010 que considerou positiva. Montou a estrutura Gate7 Motorsport e em 2011 possui um interessante projecto para o Open de Ralis.

Qual o balanço da temporada 2010?
A temporada de 2010 foi para nós extremamente positiva, em alguns pontos surpreendente, pelas seguintes razões, foi a primeira temporada praticamente completa que fizemos tanto eu como a equipa, pois até aqui as nossas participações em Ralis tinham-se ficado sempre por aparições esporádicas, que contemplavam apenas um ou dois Ralis por ano. O que em termos desportivos apesar de alguns bons resultados, nunca permitiu uma evolução na condução e nos índices de confiança, nunca nos permitiu uma comparação com os pilotos mais rápidos, algo que este ano, salvaguardando as diferenças existentes, fomos capazes de fazer.
Ficamos extremamente satisfeitos por verificar logo a partir do primeiro rally, onde vencemos o Regional Norte e fomos sextos no Open, que éramos capazes de andar próximo dos lugares da frente, algo que se manteve ao longo
da época. Lideramos durante bastante tempo o Campeonato Regional Norte e estivemos na luta praticamente até ao fim, e só o duplo azar em Gondomar nos retirou as hipóteses de discutir o titulo até final, algo que sentíamos estar ao nosso alcance.

Quais forma os momentos mais marcantes da temporada?
É difícil escolher momentos isolados, porque a forma como correu toda a época foi uma sequência de momentos fantásticos, mas penso que a escolher pela positiva, seria a vitória no Rally de Montelongo na estreia de um carro
que tínhamos adquirido poucos dias antes, e que se tinha sagrado campeão Regional no Sul, como momento negativo e infelizmente decisivo o duplo azar e abandono em Gondomar que nos afastarem da luta pelo título!

Quanto ao 2011, qual é o projecto?
Para 2011 existe a ideia e o projecto, que é no fundo o seguimento do projecto de 2010, no entanto certezas ainda são poucas, a estrutura está montada e pronta a arrancar, mas tudo vai depender da forma como os nossos apoios forem correspondendo ao projecto apresentado, mas a correr bem, o que acredito, a ideia passa por apostar em fazer a temporada completa no Open de Ralis. Os Campeonatos Regionais se antes já faziam pensar duas vezes, depois do que vimos em 2010, e no que respeita ao retorno inexistente pela época realizada, tanto por nós como pelos nossos adversários, e depois de perceber as directrizes para 2011, pusemos completamente de parte a possibilidade de participar em qualquer dos Campeonatos Regionais.
Por isso a única certeza nesta fase é a participação no Rally de Montelongo, onde estaremos já com o novo carro, que está agora pronto, depois de um ano de 2010 em que nos dividimos entre a manutenção do carro em que participávamos, e a preparação do novo carro da Gate7 Motorsport para a época 2011, um carro muito especial para nós, que será também um Mitsubishi Lancer Evo 3, porém mais evoluído, ao contrário do carro utilizado esta temporada, este carro já irá dispor de praticamente todos os componentes de Gr A, como travões, caixa, diferenciais, etc. Acreditamos que com a nova máquina seremos capazes de pelo menos rodar mais perto dos carros mais
evoluídos presentes no Campeonato!
Não queria terminar sem os agradecimentos da praxe, para a minha equipa, que são incansáveis, que me apoiam incondicionalmente e acreditam em mim, comportam-se como verdadeiros profissionais, e são antes de mais amigos, sem eles tudo isto deixa de fazer sentido!!!
E queria agradecer aos resistentes patrocinadores que acreditaram em nós, Bertim, Rolmarco, Vias Atractivas, Eni, JPS, a todos eles, muito obrigado.
Em resumo, este (2011) será um ano de continuação da aprendizagem, em que esperamos conseguir bons resultados, e conviver de perto com os pilotos mais rápidos, mas onde acima de tudo esperamos todos, divertirmo-nos muito!!!

Não lhe é permitido comentar.