faceralis

 

guia2020

gilSe houvesse dúvidas do valor de Gil Antunes, em 2010 elas ficaram totalmente dissipadas. Fruto das diversas provas que disputou no Open e nos Regionais, o piloto de Sintra ganhou um ritmo de competição elevado e os resultados acabaram por aparecer.

Qual o balanço de 2010?
O balanço é muito positivo, foi um ano de vices, onde obetive um vice no CRR Centro à geral, e primeiro das duas rodas motrizes, no CRR Norte tambem fui vice à geral, e primeiro das duas rodas motrizes, no OPEN vice das duas rodas motrizes e sexto da geral. Com os meios que dispunha tanto a nivel de equipamento como a nivel monetário, o balanço só pode ser positivo.

Momentos mais marcantes da temporada?
Os momentos mais marcantes na temporada foram vários, mas vou referir os melhores e os piores num só rali. Foi no Rali Terras de Basto quando guiei um 206 pela primeira vez, e que tive vários momentos marcantes como andar a discutir o rali com outro piloto ao décimo de segundo até ao ultimo troço depois de ter feito dois troços em três cilindros, e no ultimo troço ter ganho um troço à geral, são de facto momentos marcantes que ficam para toda a vida.

Quais são os projectos para 2011?
Os projectos para 2011 partem por fazer o Desafio Modelstand. Também estamos a tentar viabilizar a participação no Sata Rali dos Açores Açores de 206, mas também quero fazer algumas provas de regional com o Opel Astra.
Isto... haja orçamento para tudo ou pelo menos para uma grande parte. Quero também aproveitar para agradecer a todos aqueles que me apoiaram sempre, tanto patrocinadores como amigos e família.

Não lhe é permitido comentar.