faceralis

 

guiaaft

ivonogeIvo Nogueira é um jovem piloto que rapidamente deu nas vistas. Depois de duas excelentes aparições em 2009, já em 2010 competiu com alguns dos maiores valores nacionais da modalidade, integrando o competitivo Citroen Racing Trophy, tendo mesmo vencido a derradeira prova. Sem dúvida um piloto a ter em atenção para 2011, no qual irá correr com um Citroen DS3 R3T, tendo objectivos ambiciosos.

Qual o balanço da temporada de 2010?
2010 revelou-se de facto um ano bastante difícil, onde nem sempre foi fácil atingirmos os nossos objectivos. Logo no inicio, a montagem do carro atrasou imenso e o mesmo só ficou pronto três dias antes do primeiro rali do CPR, o Torrié, o que não nos possibilitou fazer a devida "rodagem" com o carro de modo a que as coisas corressem bem.
Cometemos alguns erros durante o ano pois praticamente tudo era novo para mim. A aprendizagem foi uma presença constante em cada prova. Tivemos altos e baixos mas acho que na última prova do campeonato conseguimos provar que temos capacidades para "lá" chegar.  Neste momento estamos a trabalhar nesse sentido.

Qual o momento mais marcante da temporada?
Para mim o momento mais marcante da época foi sem dúvida o Rali Torrié, quando ganhámos a Super-especial à geral. Sinceramente nunca me passou pela cabeça que tal viesse acontecer, tendo em conta que era tudo novo para mim e os argumentos técnicos (carros) dos adversários... Mas só veio provar que realmente temos capacidades para ser bem sucedidos.

O projecto 2011 já está em curso?
Para 2011, adquirimos o DS3 R3T com o objectivo de lutar pelo CPR2. Esse é sem dúvida o grande objectivo, e estamos de momento a trabalhar nesse sentido, de modo a que as coisas corram bem melhor, claro. Para além do CPR2, à partida vamos alinhar no resto do calendário do CPR, assim como no Rali de Portugal e Rali Vinho da Madeira. Quanto ao Rali dos Açores, ainda estamos a estudar essa possibilidade, mas só mais para a frente haverá certezas. Bons Ralis em 2011!

Não lhe é permitido comentar.