faceralis

 

posvendaclick

s1000jatempre13Foi a partir de uma carroçaria e de um motor de veículos de série, já comercializados no nosso país, que a Fastbravo avançou há quase dois anos com a promessa de construir um carro que reunisse pelo menos três pontos importantes para a prática de ralis: 1º. O valor do carro na compra, assim como os valores baixos de manutenção; 2º. O prazer de pilotar com os respectivos trunfos para a aprendizagem de pilotar um carro de quatro rodas motrizes; 3º. O espectáculo que esse carro teria que proporcionar ao público que assiste às provas.

O tempo passou e segundo Jorge Pinto, "hoje podemos dizer, objectivo cumprido!, isto porque, já numa fase próxima do produto final,
acreditamos ter reunido os três pontos principais depois de muitas horas de trabalho, entre a escolha dos componentes e construção da
maioria das peças de raiz, o conjunto mostra-se capaz de satisfazer todos os requisitos."

A Fastbravo esteve recentemente nos Açores para mais um teste desta primeira unidade e tal como desde o início, contou com a ajuda do vencedor do campeonato duas rodas motrizes no Open 2008, Jorge Santos.

O piloto deixa-nos as melhores referências em relação ao S1000 da Fastbravi, "estou muito contente por fazer parte deste projeto, não só pelo facto de me manter no activo e fazer o que gosto mas principalmente por perceber rapidamente que estamos na presença de um
carro de ralis a sério. Posso dizer que é muito fácil de pilotar e é perfeito para aprender as reacções de um 4x4. O facto de ter pilotado
um Kit Car, ajuda-me a perceber o excelente compromisso que este carro tem".

Apesar da Fastbravo continuar com mais testes durante este ano, a construção de mais carros já esta na ordem de trabalhos, "é nossa
intenção realizar um troféu com estes carros já em 2014. Para isso, se começarmos já, será mais fácil chegar ao número ideal de carros
construídos para o efeito" explica Jorge Pinto que aponta um valor promocional para as cinco primeiras unidades na ordem dos 17.500 euros cada, (chave na mão, neste caso, botão na mão).

Para os interessados em adquirir um carro, haverá sempre a possibilidade de efectuar testes naquele que é actualmente o carro
para o efeito, assim como assistir aos trabalhos no decorrer da montagem.

Não lhe é permitido comentar.