faceralis

 

posvendaclick

oequeestaemdi10Se é certo que o título Absoluto e o de Produção estão entregues no Campeonato de Portugal de Ralis 2010, também é certo que existem muito outros títulos e outras disputas para acompanhar no Rali Casinos do Algarve.

Aquela que deverá ser mais interessante de seguir é a luta pela vitória. Bernardo Sousa e Miguel Campos vão ter oportunidade de medir forças, sem qualquer tipo de pressão, e por isso espera-se um rali muito competitivo. Se Bernardo tem um título a defender, Campos joga a honra. Quem vencerá?

O vice-campeonato também está em dicussão. Vítor Pascoal leva uma boa e importante vantagem sobre Ricardo Moura, pelo que só um grande precalço (com um dos pilotos) poderá alterar o rumo da lógica.

Na Taça Nacional de Ralis do Campeonato de Portugal de Ralis, uma competição que praticamente ninguém fala, Armando Oliveira pode despedir-se dos ralis com um "título". Leva uma vantagem de 6 pontos sobre Paulo Neto, quando uma vitória vale 20 pontos e um segundo lugar 17 pontos.

No Campeonato 2L/2RM Francisco Barros Leite e Paulo Antunes ainda poderão chegar ao vice-título. Mas para isso terão que ganhar à geral nos 2L/2RM. Se nehum o conseguir será Joãoi Ruivo a ficar com este vice-título, depois de Adruzilo Lopes ter conquistado o título em Mortágua.

Muito interessante de seguir será a luta pela chamada F3 (carros até 1.6 litros), um título que em tempos não muito distantes era argumento para diversas marcas de automóveis. Frederico Gomes lidera com um ponto de vantagem para Paulo Antunes (que venceu quatro das cinco provas), tendo seis pontos de vantagem para Ricardo Marques e 10 pontos de vantagem para Armando Oliveira. Vários cenários serão possíveis, mas entre Frederico Gomes e Paulo Antunes estão em melhor posição para garantir esse título.

Refira-se que também o título no Regional Sul está em aberto, bastando a Ricardo Teodósio terminar para o assegurar.

Não lhe é permitido comentar.