faceralis

 

usados

grossoVencedora há dois anos, a dupla José Grosso-José Sismeiro (BMW 2002) entrou com o pé direito na quinta edição do Rally de Portugal Histórico, chegando à Figueira da Foz no comando da prova, depois de um dia em que se realizou uma prova de regularidade por sectores (PRS), na distância de 11,82 Km (três voltas à pista do Autódromo do Estoril) e uma prova de regularidade absoluta no Gradil.

O piloto de Leiria cimentou a sua liderança com uma excelente performance no Estoril, para depois limitar os prejuízos que a prova do Gradil causou em quase toda a caravana, obrigando, de uma forma algo surpreendente, a penalizações de certa forma pesada, que acabaram por baralhar um pouco a classificação.

Na verdade, José Grosso não foi além do 38º lugar no Gradil, mas como a maioria dos seus mais directos perseguidores acabou por não fazer muito melhor, o seu resultado permitiu-lhe mesmo assim conservar a primeira posição.

O mesmo se pode dizer de João Mexia Leitão-Nuno Machado (Porsche 911), que estiveram também em excelente plano na prova do Estoril, perdendo apenas 0,7 pontos para o mais regular e mesmo uma actuação menos conseguida no Gradil não os impediu de manter a segunda posição da geral.

Na terceira posição situa-se a primeira formação estrangeira, a dupla espanhola Marcos Adan-Gaspar Osorio (Porsche 911), quarta na primeira prova, mas mais eficientes no Gradil, o que lhes permitiu subir uma posição na geral.

No segundo dia de prova os concorrentes saem da Figueira da Foz pelas 08.30 horas para uma etapa com 435 Km. A neutralização da hora do almoço terá lugar em Arganil, entre as 13h00 e as 14h45, e chegada a Viseu está agendada para as 19h15. Ao final da tarde terá lugar a já habitual prova de PRS de Viseu (2,0 Km), na Avenida Europa, última dificuldade de um dia com 12 PRA.

Classificação no final da 1.ª etapa: 1.º José Grosso/João Sismeiro (BMW 2002 Tii), 438,6 pontos; 2.º João Mexia Leitão/Nuno Machado (Porsche 911 Coupé), a 0,7 pt; 3.º Marcos Adan/Gaspar Osorio (Porsche 911), a 1,8pt; 4.º Rui Salgado/Luis Godinho (Ford Escort RS2000), a 2,6pt; 5.º Daniel Reuter / Robert Vandevorst (Porsche 914/6), a 7,9pt; 6.º Aníbal Rolo/António Caldeira (Datsun 1600 SSS) a 9pt; 7.º Jhony Delhez/Eddy Gully (Ford Escort RS), a 11,8pt; 8.º João Vieira Borges/João Serôdio (BMW 635 CSI), a 14,8pt; 9.º Jose Lareppe/ Joseph Lambert (Opel Kadett GTE), a 17,2pt; 10.º Gustavo Martel/Nicolas Sanchez (Porsche 911 T), a 19,2pt; etc.

Comunicado ACP Sport

Não lhe é permitido comentar.