faceralis

 

usados

mesquita111algarNo seu ano de estreia, Hugo Mesquita gostava de fechar a época com uma grande prova no Algarve. Acompanhado por Nuno Rodrigues da Silva, o piloto açoriano até gostava de tentar o pódio.

Tudo vai depender do estado do piso. Por um lado gostava de experimentar o asfalto molhao, pois nunca andei com chuva, mas por outro lado, o piso seco pode permitir que consiga alcançar um bom resultado, e quem sabe até subir ao pódio. Conto com um bom navegador, uma excelente equipa e sinto-me bastante motivado para esta minha estreia no Rallye do Algarve”, afirma Hugo Mesquita, agora muito mais adaptado à condução do Renault Clio R3.

Não lhe é permitido comentar.