faceralis

 

usados

moura11moraMotivado como nunca, Ricardo Moura fez da concentração e rapidez as suas armas para se impor durante todo o primeiro dia do Rali de Mortágua. Como a melhor defesa é o ataque, Moura tem tudo para juntar a vitória ao título.

Vitor Lopes, principal adversário de Moura, esteve também muito bem. Rápido o piloto do Subaru respondeu sempre e acabou por perder grande parte do seu pequeno atraso na super-especial, mas tudo está em aberto para amanhã... para já quanto á vitória.

Pedro Peres furou logo na especial de abertura, perdendo mais de 15 segundos logo no início do rali. Num rali disputado ao segundo entre os dois primeiros, o melhor que Peres conseguiu foi chegar ao terceiro lugar.

Espectacular no seu andamento, Pedro Meireles foi perdendo gradualmente tempo para os primeiros, embora o piloto esteja cada vez mais competitivo.

Na luta pelo CPR2 foi Ivo Nogueira quem fez as despesas do rali. Comandou sempre nos duas rodas motrizes e foi progressivamente ganhando vantagem quer a João Silva quer a Paulo Antunes, que foi passado a meio do dia pelo piloto madeirense, dando a entender que ninguém vai querer levantar pé.

Destaque para a desistência de Vitor Pascoal, devido ao diferencial do Lancer ter partido e para o despiste aparatoso de Armando Oliveira, mas sem consequências para a equipa.

LÍDERES SUCESSIVOS
Ricardo Moura (1ª à 5ª pec)

VENDEDORES DE TROÇOS
Ricardo Moura (3); Vitor Lopes (2)

CLASSIFICAÇÃO 1ºDIA

Não lhe é permitido comentar.