faceralis

 

usados

ivonohei11madIvo Nogueira vai ao Rali Vinho Madeira concretizar um sonho enquanto Vitor Hugo, seu navegador, cumpre nesta pova o seu 100º rali.

Sobre o Rali Vinho Madeira, o piloto diz que “há ralis que dispensam grandes apresentações como a Finlândia ou o Monte Carlo. Mas eu penso que, ao longo dos anos, o Rali Vinho da Madeira foi-se tornando uma das provas mais emblemáticas da Europa em pisos de asfalto. Foi por isso que sempre tive o sonho de disputar este rali, sabendo no entanto que é uma prova extremamente difícil e que é preciso algum conhecimento dos troços para se ser competitivo aqui”.

Apostando sobretudo no Campeonato de Portugal de Ralis 2 Litros / 2 Rodas Motrizes (competição para a qual o Rali da Madeira não pontua), Ivo Nogueira parte para a quinta prova do CPR sem qualquer meta definida em termos de resultado final. “Quero apenas chegar ao fim e aprender o mais possível. Apesar de nunca ter corrido na Madeira, sei que é uma prova exigente e portanto só quero evoluir com o Citroën DS3 no asfalto. Pode ser uma boa forma de preparação para a segunda metade da época no CPR2”, concluiu.

Não lhe é permitido comentar.