faceralis

 

rvmlogo24 madeira

lopescbfA jovem dupla, Hugo Lopes e Magda Oliveira, que começou com uma exibição de alto nível aos comandos do Peugeot 208 Rally4 não teve um desfecho feliz no Rali de Castelo Branco. Uma saída de estrada no derradeiro dia de competição terminou com a prova dos pilotos, numa altura em que eram líderes destacados do Campeonato de Portugal de Ralis 2RM e Peugeot Rally Cup Portugal.

Com um registo habitual, Hugo Lopes e Magda Oliveira, mostraram mais uma vez desde início um ritmo muito competitivo, destancando-se sempre entre os mais rápidos das 2RM e superiorizando por várias ocasiões a viaturas de topo do Campeonato de Portugal de Ralis. A dupla conclui o primeiro dia de competição com uma vantagem de 21 segundos para o 2º classificado das 2RM.

Com ambições de segurar mais uma vitória mas também continuar com o ritmo demonstrado no dia anterior, a dupla foi surpreendida numa zona em que seguiam a alta velocidade. Hugo Lopes explica: "considero que o erro foi ter julgado mal a zona para a forma de como era necessário descrevê-la com o nosso Peugeot. Fui completamente surpreendido quando numa esquerda rápida sobre uma lomba, a frente descolou e fez-nos perder o contacto das rodas e consequente capacidade de direção. Infelizmente foi impossível evitar o embate àquela velocidade."

"O mais importante é que felizmente está tudo bem comigo e com a Magda. Obrigado a toda a equipa, parceiros e apoiantes por toda a confiança e apoio em todos os momentos. Vamos continuar motivados e garantir que regressamos ainda mais fortes para as restantes provas!", acrescentou Lopes.

A próxima prova de Hugo Lopes é já nos dias 5 e 6 de julho, o Rallye Recalvi Rías Baixas em Vigo (Espanha), pontuável para o principal objetivo de 2024, a Peugeot Rally Cup Iberia.

Não lhe é permitido comentar.