faceralis

 

rvmlogo24 madeira

meekercb2Muito embora tenha exercido um acentuado domínio no Rali de Castelo Branco, ao liderar da primeira à oitava das 11 classificativas, o Team Hyundai Portugal enfrentou desafios difíceis na quinta prova do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). A dupla Kris Meeke/Stuart Loudon foi líder destacado da primeira à oitava das 11 classificativas e dispunha já de uma vantagem de 22.4 segundos quando foi surpreendida por um contratempo técnico que a fez perder mais de 3 minutos, caindo para o nono lugar.

A partir de então, e apenas com duas classificativas pela frente – somou 8 tempos "scratch" em 11 –, fez a recuperação possível, para terminar em 7º. E na Power Stage, a última classificativa do rali, Meeke ainda sofreu um furo, quando era forte candidato a somar pontos extra para o CPR, perdendo mais de 30 segundos para o piloto mais rápido...

"Creio que não merecíamos este desfecho, mas o que sucedeu faz parte dos ralis e há que reagir de forma positiva, até porque o Hyundai i20 N Rally2 deixou bem vincado o seu nível competitivo, permitindo-me assumir o comando desde a primeira classificativa. Claro que gostaria de ter somado mais uma vitória para o Team Hyundai Portugal neste primeiro rali de asfalto deste ano, mas fica a satisfação de termos sido sempre mais rápidos que os adversários. Agora, venha o Rali Vinho da Madeira...", declarou Kris Meeke, que mantém o primeiro lugar no CPR.

Não lhe é permitido comentar.