faceralis

 

rvmlogo24 madeira


A organização do Rally Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas, Vieira do Minho e Cabeceiras de Basto, prova que nos últimos anos tem integrado o calendário do ERC (European Rally Championship), subscreveu o compromisso assumido pelo promotor WRC junto da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) que garante a preservação dos locais de Património Mundial natural e misto em qualquer país onde sejam realizados ralis, quer do ERC quer do WRC (World Rally Championship).

O Demoporto – Clube de Desportos Motorizados do Porto, responsável pela estrutura desportiva do rali do ERC sediado no concelho de Fafe, juntou-se ao promotor WRC na defesa de locais definidos como Património Mundial da UNESCO, ainda que na atualidade a prova portuguesa não inclua qualquer área classificada no seu itinerário.

"Sempre fomos acérrimos defensores, tal como os nossos parceiros de longa data e patrocinadores, tanto da sustentabilidade ambiental como do património, pelo que apenas poderíamos dizer 'sim' ao promotor do ERC na defesa dos mesmos valores", comentou Carlos Cruz, presidente do Demoporto.

Não lhe é permitido comentar.