faceralis

 

ANUARIO123

livroOs autores principais – Francisco Santos (editor), José Barros Rodrigues e o saudoso Martin Holmes – conseguiram reunir neste livro textos carregados de emoção e da sua vasta experiência, sobre a génese e a evolução dos ralis em todo o mundo.

Este é o primeiro livro, a nível mundial e independentemente do idioma de edição, onde se conjuga, desde 1895, a evolução da mecânica e do automóvel – assinada por José Barros Rodrigues – com os progressos e inovações dos carros de rali.

Aos autores convidados coube escrever sobre temas específicos, desde as competições míticas, como o Paris-Dakar, o Rali Safari, aos mais importantes aspetos da mecânica dos carros de ralis, como, por exemplo, os amortecedores.

Pilotos, máquinas, engenheiros, além de pioneiros, organizadores e dirigentes, entre outras personagens incontornáveis do Mundo dos Ralis, têm, nesta obra, um placo privilegiado e único onde as suas paixões, dramas, ideias, criatividade e desilusões são ampla e apaixonadamente relatadas.

Prefácios de Jean Todt, Presidente da FIA; Carlos Barbosa, Presidente da Comissão de Ralis da FIA e do ACP; Carlos Sainz, bicampeão mundial de ralis e triplo vencedor do Paris-Dakar, e Armindo Araújo, bicampeão mundial PWRC e hexacampeão nacional de ralis.

Com mais de 550 fotos e ilustrações, esta obra permitiu a Ricardo Santos desenvolver um conceito gráfico e estético que faz jus ao seu talento, além de, simultaneamente, tornarem a leitura mais agradável e intuitiva.

O livro Rally 125 Anos tem edições em Português (para Portugal e o Brasil), Espanhol e Inglês. Conta com 272 páginas, guardas e capa dura.

A edição Espanhola resulta da cedência dos direitos de edição para esse mercado, enquanto que a edição Inglesa pertence, e é coordenada, pelo editor português

Formato: 25 x 28,8cm (miolo).

Autores principais: Francisco Santos, José Barros Rodrigues, Martin Holmes
Autores confidados: Alberto Gonçalves, Ângelo Pinto da Fonseca, António Mocho, David Wood, Graham Gauld, José Armando Gómez, Pedro Castelo, Pedro Roriz.
Designer gráfico: Ricardo Santos.

Não lhe é permitido comentar.