faceralis

 

reserva

O Eurosport Events, promotor do European Rally Championship (ERC), com a aprovação do Conselho Mundial da FIA (Federação Internacional do Automóvel), confirmou, oficialmente, o Rally Serras de Fafe e Felgueiras como sexto evento do calendário da temporada 2021, entre 24 e 26 de setembro próximo. Agendada inicialmente para meados do próximo mês de março, a prova organizada pelo Demoporto (Clube de Desportos Motorizados do Porto) acabou por avançar para setembro, na sequência da inevitável reconfiguração do calendário do Europeu, ditada pelo agravamento global da pandemia Covid-19 neste início do ano.
"Não foi fácil, bem pelo contrário, remarcar uma nova data e a solução encontrada surgiu mesmo in-extremis, depois de consultarmos diversas entidades, desde autarquias a clubes organizadores de provas, tanto de Portugal como de Espanha, de modo a conciliar os interesses de todas as partes envolvidas. Felizmente conseguimos, resta agora esperar que em setembro a pandemia já esteja controlada ou faça mesmo parte do passado. O Demoporto sempre foi apologista de ralis com público e é evidente que vai estar atento à situação pandémica nessa altura, procurando, por todos os meios, fazer o rali com essa mais valia, em termos de moldura humana, não só para Fafe como para todas as regiões por onde ele vai passar", disse Carlos Cruz, presidente do Demoporto.

Parcídio Summavielle, vice-presidente da Câmara de Fafe, não escondeu a sua satisfação, face às circunstâncias que motivaram a escolha de uma nova data para o Rally Serras de Fafe e Felgueiras, pelo desfecho da calendarização da prova:
"Foi possível ir ao encontro daquilo que a Câmara pretendia e se tínhamos pedido uma data a partir de final de maio, inclusive, a verdade é que, sinceramente, setembro será excelente e bastante melhor do que em julho ou agosto. Os interesses dos municípios de Fafe, Felgueiras, Vieira do Minho e Boticas, que estiveram sempre juntos, foram salvaguardados. Embora a questão da presença de público não fosse determinante, a verdade é que com o rali em março ou abril seria quase impossível ter espectadores, e em setembro haverá sempre a possibilidade de, pelo menos, algumas pessoas assistirem à prova. Portanto, a opção Setembro agrada-nos imenso e agora há que mobilizar o máximo empenho de todas as entidades envolvidas para montar uma prova que nos possa orgulhar a todos".

Para Ni Amorim, presidente da FPAK (Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting), com a atual situação pandémica, foi prudente alterar a data inicial (12/14 março) do rali organizado pelo Demoporto, já que seria de todo improvável obter "luz verde" das autoridades de saúde para a sua realização.
"A alteração para setembro [24/26] não mexe com a estrutura do Campeonato de Portugal de Ralis, o que é ótimo, e a data parece-me bem ajustada, já que a prova decorrerá ainda numa altura de boas condições climatéricas e, em teoria, fora da época alta de incêndios. Por outro lado, em princípio nessa altura a pandemia estará menos ativa ou mesmo já parcialmente debelada, o que vai permitir a presença de público, conferindo maior dignidade a uma prova internacional em regiões com grande tradição no desporto automóvel como Fafe, Felgueiras, Vieira do Minho e Boticas".

CALENDÁRIO ERC 2021
1 – 55º Rally dos Açores (terra), 6/8 maio
2 – 77º Rally da Polónia (terra), 18/20 junho
3 – Rally da Letónia (terra), 1/3 julho
4 – Rally de Roma (asfalto), 23/25 julho
5 – 50º Rally Barum (asfalto), 27/29 agosto
6 – Rally Serras de Fafe e Felgueiras (terra), 24/26 setembro
7 – Rally da Hungria (asfalto), 22/24 outubro
8 – Rally das Canárias (asfalto), 18/20 novembro

Não lhe é permitido comentar.