faceralis

 

reserva

armandoA equipa J. Silvas Rally Team, composta por Armando Carvalho e Ana Santos aos comandos do Mitsubishi Lancer Evo V sagraram-se Campeões Centro de Ralis 2020, um título há muito ambicionado pela dupla de Vila Nova de Poiares.

"Num ano atípico e difícil para todos devido à pandemia que vivemos, conseguimos alcançar o objectivo a que nos tínhamos proposto. Já há muito que ambicionávamos alcançar este saboroso título", salientou o novo Campeão Centro de Ralis, Armando Carvalho e Ana Santos.

"A nossa performance ao longo do ano foi notável, onde conseguimos vencer todos os ralis e todas as especiais", disse o piloto. "Depois do vice-campeonato em 2019, este era um título ambicionado por toda a equipa. Em conjunto com os nossos patrocinadores, preparámos e montámos um ambicioso projecto, que nos permitiu reunir os melhores meios para conseguirmos atingir a vitória no Campeonato Centro de Ralis de 2020 e também no Desafio Kumho Centro. Apesar das circunstâncias, foi um ano fantástico e queremos deixar um enorme agradecimento aos nossos patrocinadores, à Domingos Sport pela preparação e assistência do nosso Mitsubishi, aos nossos parceiros, fãs e amigos, pois este título é de todos nós. Estamos muito satisfeitos com o trabalho desenvolvido ao longo deste ano", acrescentou o piloto da J. Silvas Rallye Team.

"A pandemia do Covid-19 condicionou todos os campeonatos e o Campeonato Centro de Ralis não foi excepção. Das 8 provas inicialmente previstas só foi possível realizar 4. Ainda vimos o Rali Vidreiro Centro de Portugal ser cancelado, quando já estávamos em parque de partida, devido ao infortúnio que vitimou a navegadora espanhola Laura Salvo. Teria sido bom para o campeonato termos realizado mais uma prova mas, infelizmente não foi possível. Ainda assim conseguimos ter mais provas que os nossos colegas que estavam para disputar o Campeonato Sul de Ralis", afirmou Armando Carvalho navegado pela Ana Santos.

"Para a temporada de 2021, a FPAK deveria ter em conta que não será uma época normal nos ralis nacionais e regionais, pelo que achamos que deveria ser lançado um campeonato mais pequeno e concentrado com um máximo de 5 ralis. Para não corrermos os riscos de vermos provas anuladas e canceladas e, assim tirar o interesse na disputa dos campeonatos por parte das equipas e patrocinadores, deveriam ser analisadas provas com melhores condições para a sua realização. 2021 vai ser um ano difícil e os calendários e regulamentos têm que ser feitos em conformidade com isso para que todos os intervenientes", referiu o piloto da J. Silvas Rally Team.

 

Não lhe é permitido comentar.