faceralis

 

usados

regoLuís Rego Jr. e Jorge Henriques, os campeões dos Açores em título, vão representar a região no Rali Terras d'Aboboreira que se corre no próximo fim de semana nas florestais da região de Amarante, Baião e Marco de Canavezes. Os campeões açorianos já marcaram presença no Rali Vinho Madeira e no programa desportivo de Luís Rego Jr., está também marcado o Rali Casinos do Algarve.

Apesar de ser o segundo ano consecutivo de Luís Rego Jr. no Rali Terras d'Aboboreira, este vai ser um rali inteiramente novo para o piloto de Ponta Delgada, uma vez que o ano passado a prova foi disputada em piso de asfalto. Ainda no capítulo das novidades, esta será a primeira vez que o campeão dos Açores vai evoluir com o novo Skoda Fabia Evo em pisos de terra. De resto, Rego também já não compete em terra há cerca de um ano pelo que será sempre necessário um período de adaptação e de aquisição de ritmo.

Os objetivos dos campeões dos Açores que vão ter o apoio da ARC Sport e da Rego Jr. Competições passam por "representar os Açores e o automobilismo desportivo do arquipélago naquela que é uma prova importante do Campeonato de Portugal de Ralis", explica Luís Rego Jr. Sabendo que situação de pandemia poderá condicionar a presença de um maior número de espetadores na estrada, o piloto avança que a equipa "vai fazer um esforço suplementar na comunicação com os adeptos através das nossas redes sociais". O plano de comunicação tem também o objetivo de garantir o máximo retorno aos patrocinadores de entre os quais se destaca o Turismo dos Açores.

Desportivamente, e à semelhança do que já aconteceu no Rali Vinho Madeira, os objetivos passam por imprimir um andamento seguro e tão rápido quanto possível por forma a garantir o melhor resultado possível no final do rali. "Não será uma tarefa fácil atendendo à qualidade dos nossos adversários que estão com um ritmo elevado e a lutar pelo Campeonato de Portugal, têm um conhecimento do terreno muito maior e estão integrados em estruturas semi-profissionais, mas vamos empenhar-nos em evoluir, aprender e fazer o nosso melhor", afirma Luís Rego Jr.

Não lhe é permitido comentar.