faceralis

 

usados


Luís Rego Jr. e o Team Além Mar estarão presentes no Rali Vinho Madeira que se corre, na pérola do Atlântico, nos dias 7 e 8 de Agosto.
"A oportunidade de realizar um sonho antigo surgiu com a indefinição por que passa o Campeonato dos Açores de Ralis", explica o piloto de Ponta Delgada que lembra que esta "acabou por ser a oportunidade perfeita, uma vez que este ano se comemora o centenário da Empresa Madeirense de Tabacos e que havia a necessidade de rodar e encontrar algum ritmo competitivo, uma vez que estamos parados há cerca de oito meses".
Luís Rego Jr. vai enfrentar as estradas da Madeira literalmente pela primeira vez. O campeão dos Açores já tinha estado na Madeira mas praticamente não tinha saído do Funchal. "Vai ser um rali de grandes novidades para mim que não conheço as especiais do Vinho Madeira. Felizmente, conto com a experiência do Jorge Henriques para me ajudar nesta primeira presença naquele que é por todos apontado como um dos melhores ralis de asfalto de toda a Europa."
O carro será também uma novidade, apesar de Luís Rego Jr. ter usado viaturas da marca checa nas conquistas dos títulos açorianos de 2019 e de 2018, embora neste caso, apenas na última prova do ano. "O Skoda Fabia R5 Evo é rigorosamente novo e precisa ainda de um trabalho aturado ao nível do setup, até porque apenas fizemos um curto shakedown em piso de terra, ainda em São Miguel, para ver se os sistemas estavam todos em condições". O trabalho técnico na viatura será, mais uma vez, realizado pela parceria estabelecida entre a ARC Sport e a Rego Jr. Competições. O campeão açoriano espera poder contrariar o seu desconhecimento do rali com a experiência adquirida pela estrutura de Aguiar da Beira em anteriores edições da prova madeirense.
Perante um cenário que pode ser definido pela expressão "maré de estreias", o Team Além Mar apresenta-se à partida do Vinho Madeira 2020 sem qualquer pressão ao nível dos objetivos desportivos. A aprendizagem do rali e o trabalho na viatura em pisos de asfalto são prioritários numa prova cujos objetivos passam também pela promoção dos patrocinadores e dos Açores enquanto destino turístico de qualidade e com níveis de segurança superiores em tempos de pandemia.

Não lhe é permitido comentar.