faceralis

 

usados


O Rali de Castelo Branco marcou o regresso do Campeonato Portugal de Ralis, depois de mais de 4 meses de paragem obrigatória nos ralis nacionais devido à pandemia do Covid-19. A Escuderia Castelo Branco foi o clube responsável pelo regresso dos ralis nacionais e onde Daniel Nunes e Nuno Mota Ribeiro marcaram presença com o objectivo de manter a liderança no Campeonato Portugal de Ralis 2 Rodas Motrizes e do Challenge R2&You.

"Estávamos com saudades dos ralis, mas a prova de Castelo Branco não começou da melhor forma para nós, pois a questão da pandemia e a longa paragem deixou-me desmotivado e com outras preocupações (empresariais) na cabeça." afirmou o piloto.

"Não tivemos oportunidade de testar antes da prova e o setup inicial não era o mais adequado. No segundo dia de competição, a Inside Motor fez um trabalho brilhante nas afinações o que nos permitiu entrar ao ataque e chegar à liderança do Challenge R2&You e ao segundo lugar do CPR2. Conseguimos atingir os objectivos que tínhamos traçado para esta prova, e consideramos que obtivemos um bom resultado pois o potencial dos novos 208 R4 é bastante superior ao do nosso carro. Ainda estamos a tentar reunir apoios para marcar presença no Rali Vinho Madeira não estando, para já, a nossa presença garantida", conclui o piloto Daniel Nunes que aproveita para agradecer a todos os seus parceiros pela confiança no seu projecto, bem como a todos os quanto se deslocaram a Castelo Branco para apoiar este regresso à competição.

Não lhe é permitido comentar.