faceralis

 

usados

netoApesar de o resultado final não ter correspondência com andamento verificado, Paulo Neto / Vitor Hugo saíram do Rali de Castelo Branco com um enorme manancial de experiência ao volante do Skoda Fabia R5 em asfalto, cumprindo assim os objetivos para esta prova.

Paulo Neto / Vitor Hugo não tiveram a sorte do seu lado nesta edição 2020 do Rali de Castelo Branco, segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis, integralmente disputada em pisos de asfalto. Um furo, na fase inicial do rali, e a consequente troca de pneus em pleno troço, motivou um enorme atraso, que se saldou num 17º lugar final.

"Tínhamos dito que nesta prova queríamos, acima de tudo, fazer o número máximo de quilómetros ao volante do Skoda Fabia R5 em pisos de asfalto. Por esta perspetiva o balanço da nossa presença no Rali de Castelo Branco só pode ser considerado positiva. Enfrentamos um rali muito duro, muito exigente e com muito calor, o que tornou o nosso desafio ainda maior. Porém, acho que os quase 100 quilómetros de troços serviram para conhecer melhor o nosso Skoda, como também para evoluir a nossa condução ao longo do rali, como se prova pelos tempos que realizamos no segundo dia, onde tivemos uma performance muito mais consistente", afirma Paulo Neto, reconhecendo que "ao ritmo a que andamos no segundo dia e sem o furo do primeiro dia e ainda um pião, poderíamos ter terminado o Rali de Castelo Branco no Top10, até porque já rodamos próximo dos tempos de outros pilotos com mais experiência e conhecimento ao volante de viaturas R5".

Quanto ao rali em si, Paulo Neto reconhece que "foi uma prova muito interessante, competitiva e com muito público a assistir na estrada, provando que os ralis são um desporto muito acarinhado pelos seus adeptos. A Escuderia de Castelo Branco fez um enorme esforço para colocar esta prova na estrada e, por isso, está de parabéns. Queria também agradecer à ARC pelo excelente trabalho que desenvolveu".

A Paulo Neto Sport conta com os parceiros: Weber, Baxi, Dominó, Listor, Italbox, Quantinfor, AVF, Total, Vitarte, Peçintra e Cision.

 

Não lhe é permitido comentar.