faceralis

 

20anos

armindoArmindo Araújo apresentou hoje o seu projeto para o Campeonato de Portugal de Ralis de 2020, para o qual irá contar com Luís Ramalho como navegador, divulgando como novidades a integração na estrutura da The Racing Factory e o facto de passar a correr de Skoda Fabia R5 Evo.

Depois de dois anos bem sucedidos como piloto oficial da Hyundai, onde conquistou um título de campeão, Armindo Araújo vai manter-se no Campeonato de Portugal de Ralis, mas num projeto privado e fora das marcas.

A época vai começar no Rali Serras de Fafe, sendo que mais tarde serão comunicadas as restantes provas em que a equipa estará presente, mas já com a certeza de que irá dispor de três Skoda Fabia R5 Evo, para tripular esta temporada.

A unidade hoje divulgada na apresentação, servirá para viatura de testes, tendo uma segunda unidade para disputar os ralis de terra e dentro de dois meses chegará uma terceira unidade especificamente para as provas de asfalto.

Os objetos de Armindo Araújo / Luís Ramalho passam pelo discussão das vitórias e do título, tendo a equipa um plano de testes de preparação das provas, que passam por dois dias de testes antes de cada fase do campeonato (terra e asfalto) e mais um dia de testes na semana que antecede cada prova que o piloto irá disputar.

Quanto à The Racing Factory apostou forte na conquista do Campenato, numa parceria que no papel tem tudo para resultar com Armindo Araújo.

Refira-se que a The Racing Factory estará ainda presente no Campeonato da Madeira de Ralis com Miguel Nunes, que está ao volante de um Skoda Fabia R5 Evo, enquanto que Aloíso Monteiro fará pelo menos quatro provas no Europeu de Ralis, com um carro semelhante, estando ainda a ser desenvolvidos outros projetos nos ralis, nomeadamente com pilotos internacionais.

 

Não lhe é permitido comentar.