faceralis

 

guiaaft

regoabfiSatisfeito pelos objetivos cumpridos e com a certeza de que saiu deste rali como um piloto mais forte, Luís Rego Jr. faz um balanço muito positivo deste Terras D'Aboboreira.

Luís Rego Jr. e Jorge Henriques terminaram o Rali Terras D'Aboboreira, prova que integra o calendário do Campeonato de Portugal de Ralis, bem dentro do Top 10, mais precisamente no 7º lugar depois de uma prova de adaptação e aprendizagem aos troços da zona de Amarante, Baião e Marco de Canavezes.

"Já sabíamos que teríamos que ultrapassar um grande conjunto de dificuldades", lembra o piloto campeão dos Açores, "mas é a sair da nossa zona de conforto e a enfrentar novos desafios que podemos crescer. É por isso que tenho que agradecer aos Açores pelas oportunidades dadas aos seus pilotos que vencem o regional para que possam sair e evoluir mais rapidamente". 

Luís Rego Jr. tinha conhecimento nulo das estradas por onde se desenvolveu o rali e encarou as adversidades como sendo oportunidades para melhorar. "Nos Açores corremos sempre mais ou menos nos mesmos troços e há um grande conhecimento das estradas. A vinda a este rali possibilitou-nos trabalhar as notas porque não havia o conhecimento prévio a condicionar a nossa abordagem à prova." Indo ainda mais além no seu raciocínio, Luís Rego Jr. revela que nos reconhecimentos não fez as passagens que poderia ter feito, precisamente para se obrigar a trabalhar o sistema de recolha de notas e na própria condução em condições de menor conhecimento do terreno.

O ritmo adotado foi "seguro e bastantes furos abaixo daquele que temos imprimido nos Açores", revela o piloto que se manifesta muito satisfeito porque sente que estas são as experiências que o podem tornar um piloto melhor. Apesar de já não competir no Fiesta R5 da Rego Jr. Competições há quase um ano, Luís Rego Jr. sai de Amarante muito satisfeito pelo andamento que foi o suficiente para se incluir nas lutas do 2º pelotão do nacional de ralis. "Claramente com um grau de conhecimento um pouco maior teremos condições para andar muito mais à frente. Fico contente por perceber que a nossa margem de progressão é muito grande."

No final da prova, Luís Rego Jr. manifestava-se também satisfeito pela promoção da imagem dos Açores que teve oportunidade de fazer nesta prova do nacional de ralis e agradeceu à ARC Sport por todo o trabalho e dedicação na preparação do rali, bem como a toda a equipa técnica da Rego Jr. Competições pelo profissionalismo mais uma vez demonstrado.



Rego não terminou o seu balanço ao Rali Terras D'Aboboreira sem deixar uma mensagem especial a todos os bombeiros e agentes de segurança pela "bravura e prontidão no combate aos incêndios" que se verificaram um pouco por todo o perímetro do rali.

Não lhe é permitido comentar.