faceralis

 

guiaaft

araujoArmindo Araújo, acompanhado por Luís Ramalho, não conseguiu no Rali Terras D'Aboboreira alcançar o resultado que pretendia ao ser forçado a abandonar na sexta classificativa da prova, numa altura onde se mantinha na discussão pela vitória. Um percalço no percurso delineado para a temporada onde procura a revalidação do título no Campeonato de Portugal de Ralis.

"Tínhamos, nesta prova, o objectivo de chegar à liderança e conseguimos estar, desde o início, na discussão da vitória. Entramos no dia de hoje ao ataque, mas infelizmente um furo na passagem pelo troço de Carvalho de Rei fez-nos ter uma ligeira saída de estrada que nos impossibilitou de continuar em prova", começou por dizer o piloto de Santo Tirso.

Com duas provas para disputar até ao final, a dupla campeã nacional vai focar-se já na próxima prova do calendário para tentar colocar o Hyundai i20 R5 no lugar mais alto do pódio. "Não conseguimos sair daqui com o resultado que pretendíamos, mas não perdemos as possibilidades de voltarmos a ser campeões. Vamos começar a preparar já o Rali Vidreiro para estarmos na máxima força", disse ainda Armindo Araújo.

Não lhe é permitido comentar.