faceralis

 

posvendaclick

 

clioDurante o Grande Prémio da França de Fórmula 1, a Renault Sport Racing apresentou três versões para competição-cliente do Novo Renault CLIO, derivadas do modelo que está prestes a chegar aos concessionários nacionais. O Novo CLIO promete, assim, fazer uma carreira de sucesso também nos circuitos de velocidade, ralis e pistas Off Road, oferecendo versatilidade e acessibilidade inéditas, para maior controle de custos.

Derivado do Novo Clio R.S. Line, cujo estilo desportivo é visível, por exemplo, na lâmina inspirada na F1, adotada no para-choques dianteiro, a última criação da Renault Sport Racing, projetada para a competição-cliente, também herda o versátil chassis deste modelo, que estará disponível em três versões distintas.

Após um ano de desenvolvimento, onde a fiabilidade, a performance e os custos controlados foram as “palavras-chave”, é possível dizer que a versão de competição do Novo Clio oferecerá uma versatilidade sem paralelo. O Clio Cup (para as provas de pista), o Clio Rally (para os ralis) e o Clio RX (para as provas de Off-Road) foram concebidos utilizando um banco de elementos mecânicos e eletrónicos comuns, mas adaptados, cada um deles, à especificidade de cada disciplina.

No entanto, os clientes poderão trocar de categoria, mantendo o mesmo Clio, graças aos Kits de conversão especialmente desenvolvidos. Esta económica solução foi estudada para que os pilotos possam descobrir novas disciplinas do desporto automóvel ou mesmo desafiar a vitória em todo o tipo de terrenos e superfícies, independentemente da sua experiência.

Além disso, esta quinta geração do Novo Clio de competição conta com toda a experiência das equipas dedicadas à competição-cliente de Viry-Châttillon e Dieppe, onde os três modelos serão produzidos.

Esta experiência, sem precedentes na Europa, tem sido usada para otimizar, a todos os níveis, cada versão. No plano técnico, por exemplo, a primeira versão do motor 1.3 TCe montada no Novo Clio competição-cliente foi desenvolvida para dar resposta às diferentes necessidades de cada disciplina e tipo de piso, onde o Clio poderá marcar presença. Simultaneamente, a segurança e a equidade foram preservadas e reforçadas para tornar o desporto automóvel mais acessível, especialmente nas competições monomarca e séries promocionais organizadas pela Renault Sport Racing.  

Apoiada na sua reputação de qualidade, unanimemente reconhecida desde o lançamento do R8 Gordini em 1966, esta nova gama combina a herança da Renault e o melhor da sua paixão, contando com o dinamismo e a eficiência do Novo Clio R.S. Line, uma referência entre os citadinos desportivos. 

A comercialização começará em outubro, antes mesmo dos carros serem entregues prontos a correr, para que possam estar à partida das provas de circuito ou dos troços cronometrados em 2020.  

Características Técnicas 

Chassis

Base: Clio R.S. Line

Carroçaria: Monocoque de aço soldado

• Eixo Dianteiro: Pseudo McPherson

• Eixo Traseiro: Eixo em H

• Suspensão: Amortecedores Bos não-reguláveis  

 

Motor

• Tipo: 1.3 TC3 Renault – 4 cilindros e 16 válvulas

• Turbo: Garret

• Refrigeração: derivada de série

• Alimentação: Injeção direta

• Potência: 170 - 180 cv, de acordo com a regulamentação

• Binário: 280 – 320 Nm, de acordo com a regulamentação

 Regime máximo: 6.500 rpm/min

• Eletrónica: Life Racing

• Combustível: SP98

 

Dimensões

• Comprimento/largura/altura (mm): 4050/1998/1400

• Via Dianteira/Traseira: 1500/1490

• Peso: De acordo com a regulamentação

Transmissão

• Caixa de velocidades: Saved sequencial de 5 velocidades + Marcha-atrás

• Seletor manual com “desbloqueador” elétrico para a Marcha-atrás

• Diferencial autoblocante ZF

• Embraiagem Sachs

 Rodas

• Rodas: 6x15 (Terre), 6.5 x16 (Asfalto), 7x17 (Cup)

• Pneus: Michelin

• Travões Dianteiros e Traseiros: de acordo com a regulamentação

• Travão de mão hidráulico

 

Não lhe é permitido comentar.