faceralis

 

posvendaclick

Nacional

Edit

Amount of short articles:

Amount of articles links:

You can order sections with dragging on list bellow:

  • Nacional
Guardar
Cancelar
Reset

CPR

Troços e horários Rali V

Image - Troços e horários Rali V

Troços e horários Rali Vidreiro 19.            

Sexta, 20 Setembro 2019 Comente

Eventos

Luís Pimentel de Porsche

Image - Luís Pimentel de Porsche

Luís Pimentel irá alinhar ao volante do seu Porsche 997 GT3 Cup na 60.ª edição do Rali Vinho da Made

Quarta, 17 Julho 2019 Comente

Open

Fotos Rali de Mortágua 2

Image - Fotos Rali de Mortágua 2

Fotos: Paulo Homem (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)Evento: Rali de Mortágua 2

Quarta, 2 Janeiro 2019 Comente

O Campeonato de Portugal de Ralis chega a Castelo Branco para um importante virar de página na temporada de 2019 da modalidade. Depois de quatro provas realizadas em pisos de terra, a ronda organizada pela Escuderia Castelo Branco marca o arranque da fase de asfalto. A equipa comandada pelo Director de Prova, Luís Dias, preparou um programa competitivo de dois dias, com dez provas especiais de classificação e quase 130 quilómetros de troços contra o cronómetro.

Entre os dias 22 e 23 do presente mês, uma equipa constituída por mais de 400 elementos, aos quais se juntam as forças de segurança, os bombeiros e a Proteção Civil, vão colocar no terreno a quinta jornada do Campeonato de Portugal de Ralis. Durante este fim-de-semana, a cidade de Castelo Branco e toda a região da Beira Baixa vão receber a fina flor dos ralis nacionais.

Um dos pontos a destacar será o de saber quem sucederá a Ricardo Teodósio, vencedor da edição de 2018. O algarvio é, além disso, o líder do campeonato no momento da realização da prova albicastrense e o principal alvo dos adversários. Com vários candidatos à vitória, destaque, ainda, para os segundo e terceiro classificados no campeonato, Armindo Araújo e Bruno Magalhães, respectivamente, que também marcarão presença na ronda da Escuderia Castelo Branco.

Este rali pontua para o Campeonato de Portugal de Ralis e para o Campeonato Centro Ralis. Esta competição regional tem dez provas no calendário e a jornada da Escuderia Castelo Branco é a quarta pontuável. Fernando Teotónio chega à Beira Baixa no comando da classificação e tem em Armando Carvalho, segundo, e em Luís Mota, terceiro, os principais rivais.

Ao nível da organização, a equipa da Escuderia Castelo Branco quer dar continuidade a evolução sustentada dos últimos anos. É por isso que, no primeiro dia de competição, estão reservadas quatro classificativas. Há duas passagens por Vilas Ruivas (16,31 km), uma por Foz do Cobrão (14,67 km) e o programa desportivo desse dia (sábado) encerra com a dupla passagem pela já tradicional e sempre espectacular Super-Especial Reconquista (2,02 km).

No dia seguinte, o primeiro concorrente a sair para a estrada começa o troço de abertura da etapa às 10h16. No total, há seis especiais para cumprir, com o final perspectivado para pouco depois das 16 horas.

A Escuderia Castelo Branco está apostada em organizar uma prova muito bem sucedida e desenvolveu esforços, juntamente com as mais diversas autoridades, para que a segurança não seja posta em causa. Além disso, numa fase do ano em que o perigo de incêndio é mais elevado, a equipa organizadora apela a que todos contribuam para que não haja problemas a este nível.

"Em 2019 procurámos, mais uma vez, inovar. Criámos, por isso, um percurso totalmente novo na história do Rali de Castelo Branco. Queremos agradar a pilotos e ao público. Regressamos à zona de Vila Velha de Ródão e a super-especial também terá um formato diferente, na expectativas de que os adeptos possam seguir o espectáculo de forma mais intensa e sempre em segurança", explicou o director de prova, Luís Dias.

O principal responsável do Rali de Castelo Branco alerta, ainda, para os perigos associados à realização da prova nesta fase do ano. "Estamos numa época de incêndios. O comportamento das pessoas que seguem a prova é extremamente importante para evitar problemas. Lembramos que é absolutamente proibido foguear. Queremos que esta ronda do Campeonato de Portugal de Ralis e do Campeonato do Centro de Ralis decorra sem problemas e só o cariz desportivo seja realçado durante dois dias de competição", acrescentou.

O Rali de Castelo Branco volta a pontuar para o Campeonato de Portugal de Ralis e também para o Campeonato do Centro de Ralis. A organização estima receber mais de sete dezenas de equipas.

Não lhe é permitido comentar.