faceralis

 

almada

hugoacoHugo Lopes e o navegador Nuno Mota Ribeiro conseguiram o 2.º lugar na prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2WD no emblemático Azores Rallye. A fazer a sua estreia nos troços açorianos, a dupla do Peugeot 208 R2 viveu uma experiência inesquecível e passa a liderar o campeonato.

Hugo Lopes já tinha conseguido o 2.º lugar no arranque do Campeonato de Portugal de Ralis 2WD (2 Rodas Motrizes), em Fafe, mas desta vez o desafio era ainda maior para o jovem piloto de 21 anos. O Azores Rallye é considerado um dos mais difíceis ralis de terra da Europa mas Hugo Lopes concentrou-se em ultrapassar todos os obstáculos que foram surgindo, acumular o máximo de experiência no rali e obter mais uma boa pontuação para o campeonato, que passa agora a liderar.
"Fazer este rali foi uma experiência inesquecível, a todos os níveis", afirmou o piloto de Viseu. "Desde as especiais fantásticas e com muito público, em cenários incríveis como a Lagoa das Sete Cidades, até às condições adversas que apanhámos no último dia, com muita lama e nevoeiro, acabando na própria extensão do rali, que torna tudo mais difícil para os pilotos e para a mecânica do carro... acho que aprendemos imenso ao longo destes dias nos Açores. Ainda tentámos chegar à vitória na última etapa mas a nossa concorrência direta tinha muito mais experiência nestes troços. Acima de tudo, foi importante chegar ao fim e conseguir mais este 2.º lugar que nos coloca na frente do campeonato. Quero agradecer a toda a equipa da AM Sport, aos nossos patrocinadores e às nossas famílias e amigos, por todo o apoio", destacou Hugo Lopes.

O Campeonato de Portugal de Ralis prossegue agora nos troços de terra do Rali de Mortágua, nos dias 3 e 4 de maio.

Não lhe é permitido comentar.