faceralis

 

posvendaclick
 

netovid182Foi inglória a participação da dupla Paulo Neto / Vitor Hugo no Rali Vidreiro 2018, já que abondaram a prova quando lideravam as duas rodas motrizes no Campeonato nacional de Ralis.

Não foi feliz a estreia da dupla Paulo / Vitor Hugo na fase de asfalto da Campeonato de Portugal de Ralis. Depois de em 2017 terem vencido esta prova nas duas rodas motrizes, em 2018 estavam na liderança quando foram obrigados a desistir.

"Gostava em primeiro lugar de endereçar um forte abraço de solidariedade ao Carlos Vieira e ao Jorge Carvalho, depois do acidente grave que tiveram no decorrer da primeira especial de classificação do rali. Espero que o Carlos Vieira tenha uma rápida recuperação e que volte depressa ao nosso convívio no Campeonato de Portugal de Ralis", afirma Paulo Neto, que sobre a prova refere que "tínhamos como objetivo lutar pela vitória e sabíamos que os primeiros troços, disputados no Pinhal de Leiria, seriam favoráveis ao nosso carro. Por isso, entramos com o ritmo certo e passamos desde logo a liderar o rali que não mais largamos até ao momento da nossa desistência no 5º troço do rali. Estava a notar alguma instabilidade na traseira do Citroen DS3 R3 Max e numa numa sequência de curvas acabamos por dar um toque que nos obrigou a desistir: Fica a satisfação de sermos líderes e mostramos a nossa competitividade enquanto estivemos em prova".

A Paulo Neto Sport conta com a assistência técnica da P&B Racing e dos parceiros Roca, Weber, Baxi, Dominó, Italbox, Quantinfor, Total, Caras Decoração, Vitarte, Banhoazis, VMP Pavage e Cision, para a temporada de 2018 do Campeonato de Portugal de Ralis.

Não lhe é permitido comentar.