faceralis

 

guiaaft

arcSegunda presença consecutiva para a ARC Sport no Rally da Acrópole, a 3ª prova do ERC 2018 e a primeira do desafio europeu agendado para a região mediterrânica. Bruno Magalhães e Hugo Magalhães vão na busca de um resultado positivo que possa relançar a equipa para um Campeonato da Europa tão cativante, como o do ano passado que deu à equipa portuguesa o vice-campeonato europeu.

Em 2018 o traçado grego é praticamente novo, por isso um desafio igual para todos. Bruno Magalhães lembra os tempos em que a prova helénica fazia parte do campeonato do mundo.

"A Acrópole é um dos ralis mais duros do mundo, por isso requer atenções redobradas. Com um novo traçado, não podemos afirmar que conhecemos o rali, ficando apenas com a experiência do tipo de pisos que vamos encontrar, pois de resto, tudo é novo. Nesta fase prematura do campeonato não temos pressão, por isso vamos desfrutar o rali e pensar nos pontos para o campeonato", afirmou o piloto do Skoda Fabia R5, preparado pela ARC Sport.

Este ano Aloísio Monteiro apostou no ERC e na condução do Skoda Fabia R5 que estreou nos Açores. Com excelente opinião do novo carro, acompanhado por André Couceiro, o piloto quer ajustar o seu ritmo às necessidades da prova.

"Estamos de volta ao ERC para disputar um rali duro. É a minha estreia absoluta na prova grega, mas estamos com boas perspetivas. Vamos lutar para conseguir pontos, num carro com que senti uma excelente adaptação, e que gostei bastante de conduzir nos Açores, contando para isso com ajudas muito importantes. Na Grécia quero ver se consigo fazer o número de quilómetros suficientes para continuar a minha evolução ao volante do Skoda", disse Aloísio Monteiro.

A piloto espanhola Emma Falcon vai contar com o Citroen DS3 R3T e com a companhia de Eduardo Gonzalez para mais este desafio em solo grego. Conquistar pontos para o ERC 2018 é o seu grande objetivo, sabendo como sempre, que pode contar com o apoio total da equipa de Aguiar da Beira.

"Este é um rali totalmente novo para a equipa. Nos reconhecimentos achámos que os pisos dos troços estão todos em mau estado, e por isso há que ter muito cuidado durante a prova. Estamos na Grécia para tentar somar pontos para o ERC, e por isso, vamos começar com todas as cautelas. Foram feitas algumas alterações no Citroen, que também conta com alguns componentes novos. Apesar de tudo, estamos confiantes", disse Emma Falcon.

Para a ARC Sport o Rally da Acrópole é mais uma prova de grande prestígio e um desafio importante para a evolução constante da equipa.

"Todos sabemos que este é um dos ralis mais exigentes e seletivos do campeonato europeu. As alterações sofridas em relação ao ano passado tornam as dificuldades iguais para todos os concorrentes, o que não deixa de ser interessante. O Bruno está pronto para enfrentar uma concorrência muito forte, sabendo que pode contar com todo o nosso apoio. Desejamos ao Aloísio uma boa estreia e uma excelente evolução na condução do Skoda e queremos que a Emma consiga assinar uma boa exibição neste novo figurino do Rally da Acrópole. Como sempre, podem contar com a nossa habitual dedicação.", afirmou Augusto Ramiro.

O Rally da Acrópole disputa-se entre 1 e 3 de junho e conta com 12 provas especiais de classificação.

Não lhe é permitido comentar.