faceralis

 

posvendaclick

NEUVILLEO primeiro dia do Rali de Portugal foi marcado essencialmente pela enorme quantidade de desistências, nomeadamente entre os principais, mas não só, como pela questão dos pneus, que também fez perder tempo a muito piloto.

Neuville chegou ao final do dia em primeiro, mas passou a primeira parte da etapa fora do top 5, acabando por beneficiar dos abandonos de alguns pilotos que foram protagonistas desde o primeiro troço para subir à liderança, mas também fruto de um ritmo mais elevado na segunda fase do rali em que ganhou os últimos quatro troços.

Tanak, o primeiro líder do rali, teve um problema de motor depois de bater numa pedra violentamente, desistindo no início da segunda especial.

Paddon, Sordo e Meeke, passaram depois pela liderança nos troços seguintes, com o piloto da Nova Zelândia a ficar pelo caminho, por despiste em Ponte de Lima 2, uma altura em que tinha regressa à liderança.

Sordo e Meeke com problemas de pneus atrasarem-se bastante na classificação, embora o Espanhol até tenha conseguido chegar ao pódio, mas o piloto da Citroen desceu até ao 7º posto.

Também Latvala desistiu, logo no início do dia, com problemas de suspensão no Yaris, o que veio a suceder mais tarde a Ogier, não permitindo ao francês sonhar com a 6ª vitória no Rali de Portugal.

Mais discreto andou Evans, que está a apenas 17,7s da liderança, conseguindo levar o seu Ford sem problemas até final e sempre dando muito espectáculo.

LÍDERESS SUCESSIVOS
Tanak (Pec 1); Paddon (Pec 2); Meeke (Pec 3); Sordo (Pec 4); Meeke (Pec 5); Paddon (Pec 6); Neuville (Pec 7 a 9)

VENCEDORES DE TROÇOS
Tanak (1), Paddon (1); Meeke (2); Sordo (1); Neuville (4)

CLASSIFICAÇÃO FINAL

Não lhe é permitido comentar.