faceralis

 

posvendaclick

lukydia18Apontado como favorito principal à vitória do Azores Airlines Rallye, Alexey Lukyanuk começou já no primeiro dia a mostrar serviço, mesmo que a sua tradicional exuberância continue a ser uma das suas marcas, como se prova pela saída de estrada na segunda especial, depois de um exagero, que só não teve más consequências por sorte.

David Botka começou por ser o primeiro líder, mas já está a mais de 30 segundos do líder, e Frederik Ahlin venceu o terceiro troço (a especial Marques) estando a 15,3s do russo, depois de um enorme susto na segunda especial e ter deixado o omotor do seu Skoda "ir abaixo" na especial de abertura.

Ricardo Moura foi muito consiste nos seus tempos, sendo o segundo classificado à geral, liderando entre as contas do Nacional e do Regional de Ralis, estando na frente de um surpreendeu Martin Koci ao volante de um Skoda Fabia R5, que está a 3,8s da liderança.

Bruno Maglhães, a queixar de algum desacerto no Skoda, é o quarto classificado, mas já com 13,2s de atraso, tendo logo atrás de si Bernardo Sousa a fazer uma boa estreia ao volante do Citroen Ds3 R5 neste seu regresso aos ralis.

Nas contas do Nacional de Ralis, Ricardo Teodósio está em 4º lugar, tendo atrás de si Carlos Veira, que continua a ter algumas dificuldades em tornar competitivo o Hyundai.

VENCEDORES DE TROÇOS
David Botka (1); Alexey Lukyanuk (1); Frederik Ahlin (1)

COMANDANTES SUCESSIVOS
David Botka (Pec 1); Alexey Lukyanuk (Pec 2 e 3).

CLASSIFICAÇÃO PRIMEIRO DIA
azoresclasdia118

Não lhe é permitido comentar.