facebook

fabrica

mikolaO Motorshow Porto 2017 está de regresso e prepara-se para comemorar década e meia ao serviço do automobilismo e das emoções fortes que só este desporto proporciona. Após a presença de diversos campeões mundiais, este ano é a vez de Hannu Mikkola (Campeão do Mundo de Ralis em 1983) embelezar o evento, numa festa que, a partir da próxima quinta-feira e até domingo, na Exponor, volta a reunir todos os ingredientes para atingir o sucesso.

Com um bem-sucedido histórico de 15 edições e, mais uma vez, integrado no autoClássico, o maior salão ibérico e viaturas Clássicas, o Motorshow Porto volta a assumir-se como um dos principais acontecimentos desportivos do Grande Porto, mas cuja popularidade há muito extravasou a região nortenha, tendo ganho, de ano para ano, notoriedade nacional e até internacional, principalmente, na vizinha Espanha.

Mais uma vez, os adeptos desta grande festa do automobilismo nacional terão razões de sobra para comparecerem na Exponor, tanto mais que, em 2017, o evento contempla mais um dia de ação face ao tradicional programa, aproveitando o feriado do “5 de outubro”. Ou seja, quatro dias de pura emoção e muita adrenalina para os amantes (e não só) do automobilismo.

Desportivamente, não faltam argumentos de peso para que o Motorshow Porto 2017 possa ser visto como uma das melhores edições de sempre, até porque conta com uma das mais reputadas estrelas internacionais de ralis de todos os tempos: Hannu Mikkola!

O piloto finlandês é uma personagem incontornável do Campeonato do Mundo de Ralis, tendo ganho um lugar de destaque na história da competição, com o título de “Campeão do Mundo” alcançado em 1983 (ao volante do carismático Audi Quattro). Mas há mais números que sustentam a sua notável carreira: 18 vitórias, 44 pódios e 654 triunfos em provas especiais nos 277 ralis do WRC em que participou ou as sete vitórias conquistadas no exigente Rali da Finlândia, berço de muitos campeões de ralis.

Aos 75 anos e depois de ter representado, enquanto esteve no ativo, oito construtores diferentes - Ford, Peugeot, Toyota, Mercedes, Audi, Mazda, Opel (GM) e Subaru –, Mikkola irá participar no evento ao volante de um Ford Escort MK II, carro emblemático na sua carreira. O piloto finlandês mostra-se, de resto, plenamente satisfeito por regressar a Portugal, onde, aliás, escreveu algumas das melhores páginas da carreira, como as três vitórias que assegurou no Rally de Portugal, em 1979, 1983 e 1984.

Para Mikkola, “é fantástico regressar a Portugal e reviver as magníficas recordações que tenho do país, onde obtive vários sucessos no Rally de Portugal. Participar no Motorshow Porto, por onde já passaram tantos reconhecidos pilotos, é um prazer e espero poder contribuir com muito espetáculo para o público português que tem uma enorme paixão pelos ralis e pelo desporto automóvel”.

Mas nem só de Mikkola viverá esta emblemática edição comemorativa dos 15 anos do Motorshow Porto. Muitos outros pilotos animarão o evento, que volta a disputar-se num espetacular traçado desenhado no interior e exterior de um dos pavilhões da Exponor, onde nem falta um fantástico salto que põe à prova os dotes de condução de todos os pilotos.

Vítor Pascoal (Porsche 996 GT3), campeão nacional de RGT e vencedor do “Troféu Piloto Motorshow” em 2014 e Pedro Leal (Ford Escort MK II) são outras das estrelas convidadas pela organização da Xikane, que voltará a contar com o vencedor das duas últimas edições, Mário Barbosa, ao volante de um competitivo Ford Fiesta. Miguel Lobo, Alfredo Barros e Gustavo Moura também tentarão alcançar a vitória em Ford Fiesta R5, sem dúvida, um dos carros mais impressionantes da última geração dos ralis. Joaquim Santos, no habitual Ford Focus de RallyCross (com cerca de 600 cavalos!) é outro dos candidatos à vitória, tal como Américo Moreira (Mitsubishi Lancer) e os irmãos Nelson (Mitsubishi Lancer) e Herlander (Subaru Impreza) Trindade.

Em destaque noutras categorias do “Troféu Piloto Motorshow”, igualmente prometem estar Ricardo Soares e Bruno Gonçalves (ambos em Citroën Saxo S1600), Hugo Lopes (Citroën Saxo Kit Car), Hélder Silva (BMW E21), Filipe Barbosa (Ford Escort) e Joaquim Bernardes (VW Golf GTI). É que, por uma questão de justiça desportiva, no final haverá classificações separadas para as categorias “4 Rodas Motrizes”, “2 Rodas Motrizes”, “Clássicos”, “Pilotos Internacionais” e “Feminino”.

Para além da parte competitiva, também estarão em destaque exibições de um Camião Racing da Valvoline, uma demonstração de karting infantil, para além de uma animada Tertúlia designada “Hannu Mikkola e 15 Anos de Motorshow”, de acesso livre ao público, que, desta forma, poderá conhecer de forma mais informal o ex-Campeão do Mundo de Ralis e a história e “estórias” dos últimos 15 anos do evento.

E é precisamente após uma década e meia de sucesso, que Pedro Ortigão, responsável máximo da Xikane, que tutela o evento, se mostra plenamente satisfeito, com a concretização de um marco importante na história do mais antigo e popular Motorshow português: “15 edições de Motorshow autoClássico Porto só podem ser um motivo de grande orgulho. Trouxemos muitos Campeões do Mundo de Ralis ao evento, que consolidou a sua imagem perante um público conhecedor e devotado ao automobilismo, mas também abrindo as portas do desporto automóvel a muitos desconhecedores do apaixonante mundo da competição automóvel. Por isso só poderemos estar satisfeitos, tanto mais que, a fechar este ciclo, voltamos a contar com a presença de mais um Campeão do Mundo – Hannu Mikkola – que muito promete animar os espectadores que marcarem presença”.

Em pista ou no Paddock onde se concentram as equipas, não vai faltar, portanto, animação no Motorshow Porto 2017, num evento que é já reconhecidamente apontado como um dos melhores e mais populares do género na Península Ibérica, com cerca de 35.000 visitantes em perspetiva.

Não lhe é permitido comentar.