facebook

banner-site-desafio

 

rego(POR RICARDO NASCIMENTO)
 

O 36º Rallye de Santa Maria foi palco de uma grande luta pela vitória, com os três pilotos apoiados pela tabaqueiras a competirem ao mesmo ritmo em troços disputados ao segundo. No entanto, nem todos chegariam ao fim e acabou por haver novo vencedor entre os R5.

Depois da boa prestação do ano anterior em Santa Maria, havia alguma espetativa do que Luis Rego Jr. poderia fazer na presente edição. Com um bom trabalho de preparação, Rego liderou o rally da primeira à ultima especial, vencendo pela primeira vez em Santa Maria e com o seu Fiesta R5, num rally em que lutou e se defendeu até ao final.

Ricardo moura terminou o primeiro curto dia com 0,5s de atraso, mas o motor calou-se numa travagem no inicio da manhã de hoje onde perdeu cerca de 10 segundos. À entrada para a derradeira secção, os dois pilotos estavam separados por 10,7s com Rego a dilatar a vantagem para 11,1s e nos dois últimos e maiores troços, Moura conseguiu ser muito rápido e recuperar 10,5s mas perdeu o rally por apenas 0,6s.

Rúben Rodrigues venceu duas especiais durante a manhã, pressionando Luis Rego na primeira posição com uma vantagem de apenas 1,5s. No entanto, o piloto do Citroën acabou por bater e ceder a segunda posição a Moura.

Vitor Pascoal e Daniel Nunes também estiveram envolvidos numa boa luta durante a maior parte do rally, mas Pascoal conseguiu impor-se com o potente Porsche nas derradeiras especiais, conseguindo manter a terceira posição e bater Nunes por 34,5s no Peugeot 208 R2.

Hugo Mesquita regressou ao volante do Mitsubishi, sendo o único à partida com um carro de Grupo N4. O piloto de São Miguel teve uma boa luta com o continental Eduardo Veiga, mas o Escort MK2 deu problemas e Mesquita terminou isolado na quinta posição, o que equivale a um terceiro lugar em termos de pontuações.

Rafael Botelho teve alguma oposição no inicio por parte de Bruno Tavares e mais tarde de Paulo Sousa, mas o piloto do DS3 viu Tavares a atrasar-se com problemas e Sousa com o Saxo Kit Car, a perder cerca de 10 segundos nos derradeiros troços. Com este resultado e com a ausência de Carlos Andrade, Rafael Botelho sagrou-se virtual campeão nas duas rodas motrizes.

Com os abandonos de André Silva e de Rúben Santos, Rui Torres subiu à oitava posição depois de uma grande luta com estes pilotos, com Santos a competir com o carro de João Faria.

 
VENCEDORES DE TROÇOS:
Luis Rego Jr. (3); Ricardo Moura (3); Ruben Rodrigues (2)
LÍDERES DO RALLY:
Luis Rego Jr.(SS1 a 9)
 
36º RALLYE ALÉM MAR SANTA MARIA
1º 2 Luis Rego Jr. / Jorge Henriques (P) Ford Fiesta R5 45.31,7 (CRA)
2º 1 Ricardo Moura / Sancho Eiró (P) Ford Fiesta R5 +00,6 (CRA)
3º 9 Vitor Pascoal / Pedro Alves (P) Porsche 997 GT3 +02.22,1
4º 5 Daniel Nunes / Rui Raimundo (P) Peugeot 208 R2 +02.56,0
5º 8 Hugo Mesquita / Jorge Diniz (P) Mitsubishi Lancer Evo IX +03.44,1 (CRA)
6º 4 Rafael Botelho / Nuno Rodrigues da Silva (P) Citroën DS3 R3T +04.33,1 (CRA)
7º 24 Paulo Sousa / Sérgio Sousa (P) Citroën Saxo Kit Car +04.55,4
8º 10 Rui Torres / Sousa Martins (P) Ford Escort RS MK2 +06.44,2
9º 21 Fábio Silva / Rui Ávila (P) Citroën Saxo CUP +07.40,7
10º 27 Paulo Silva / Vera Reis (P) Renault Clio 1.8 16v +07.42,3
11º 12 João Correia / Paulo Coelho (P) Peugeot 106 XSi +07.53,6 (CRA)
12º 36 José Rainha / Hélder Monteiro (P) Volkswagen Golf TDi +08.13,9
13º 32 Henrique Tavares / Márcio Tavares (P) Renault Clio Sport +08.19,2
14º 14 David Paiva / Marcelo Andrade (P) Toyota Starlet 1.3 +09.29,9 (CRA)
15º 22 Max Salvador / João Valente (P) Citroën Saxo CUP +10.17,7
 
PRINCIPAIS ABANDONOS:
3 Ruben Rodrigues / Estevão Rodrigues (P) Citroën DS3 R5 (acidente na SS6) CRA
20 Eduardo Veiga / Justino Reis (P) Ford Escort RS MK2 (avaria após SS5)
23 André Oliveira / Marco Oliveira (P) Citroën Saxo CUP (avaria na SS7)
18 Ruben Santos / João Melo (P) Peugeot 206 RC (avaria na SS8) CRA
6 Marco Soares / Tomás Vultão (P) Citroën Saxo CUP (avaria na SS9) CRA
7 Bruno Tavares / Pedro Castro (P) Peugeot 205 Mi16 (avaria na SS9) CRA

 

Não lhe é permitido comentar.