faceralis

 

posvendaclick

Norte

evoccccÉ já no próximo dia 16 de Abril de 2011 que Miguel Barbosa faz a sua estreia em provas de rali, com a participação no Rali VN de Famalicão 2011.

Depois de vários anos no karting, um novo desafio surge, mas a vontade pelo desporto automóvel mantém-se. "A participação em ralis sempre foi um desejo de longa data, e neste momento pode ser alcançado. Depois de uma conversa de amigos, decidi fazer a minha estreia no rali da minha terra, e assim poder baptizar-me junto dos meus familiares, amigos e patrocinadores".

Utilizando uma viatura totalmente desconhecida, os objectivos são pensados passo-a-passo, "o carro que vamos utilizar é também uma viatura que reúne todas as características de um verdadeiro carro de rally, no entanto é um carro muito difícil de manter na estrada. A potência que tem, bem como a sua condução são uma adrenalina extra, tanto para quem conduz o carro, como para quem o vê passar. O carro em questão, um Mitsubishi Evo V é um carro que está muito bem preparado, com uma assistência muito bem-feita e ao pormenor, estando a cargo toda assistência dada por uma equipa muito experiente, a oficina AntoAuto. Reunidos todos estes pressupostos, para já o objectivo passa por terminar. Depois, logo se vê".

Miguel Barbosa terá a seu lado Rui Raimundo Jr, que este ano não repete a experiência do ano passado, passando de novo para o banco do co-piloto, "o Miguel fez-me o convite, que prontamente aceitei. Trata-se de uma nova e fantástica experiencia, que tendo em conta a nossa amizade, só terá pontos positivos a acrescentar. A preparação está a ser feita ao pormenor, e depois desta etapa, logo se verá como vai ser o futuro", refere o piloto.

A equipa agradece desde já todos os apoios, Classe A bar, Diogo – Restaurante, Raifama Automóveis, JB & Rodrigues, Burku – Kebabs, AMCO – Soluções Empresariais, NH-Decor/Clima, José Ribeiro Ferramentas, SkySigma – Informática, Doce S. Miguel Pastelaria, e AntoAuto.

andreribei11O próximo Rali VN da Famalicão assistirá à estreia abosulta de uma dupla totalmente nova no panorama dos ralis.

Os jovens André Oliveira / João Rocha, piloto e navegador, irão estrear-se nesta prova nos ralis, conduzindo o Suzuki Ignis assistido pela Macominho Sport.

O objectivo para este primeiro rali é simples, sehundo André Oliveira: "aprendizagem na integração num rali, ganhar experiência de competição e por fim fazer a adaptação ao carro".

O programa de provas previstas dests dupla de pilotos, passa pelo Rali de Famalicão e o Rali de Santo Tirso, mas também algumas super especiais slalom (Famalicão e Trofa), com o apoio do Restaurante Casa Pêga, Delta Cafés, Grupo Mar, Gráfica - Dicas Virtuais, Talhos Mourão, André Simão, Quinta Da Agrinha, José Neves Estofador Auto, Inova Seguros e Dom Marco Pastelaria.

 

fmalidog11O Campeonato Regional de Ralis Norte vai ter a sua quarta prova do calendário (das 11 previstas!!!) , no dia 16 de Abril, com a disputa do Rali VN Famalicão.

Mais uma vez o Demoporto vai montar um esquema tradicional e já provado, com troços que são já uma referência nesta prova.

A prova terá apenas dois troços disputados por duasvezes, num total de quase 40 Kms ao cronómetro.

 

PROVA: Rali V.N. Famalicão
ELEGIBILIDADE: Regional Norte + Extra
DATA: 16 de Abril de 2011
ORGANIZADOR: Demoporto
CONTACTOS: (t:) 220318 993/ www.demoporto.com/ Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
INSCRIÇÕES: Até 8de Abril de 2011
RALI: Percurso – 124,61 Kms / Troços – 38,46 Kms
NOVIDADES: -
CENTRO OPERACIONAL: Câmara Municipal de VN de Famalicão
INSCRITOS /MAPA DOS TROÇOS / ACESSOS AOS TROÇOS

HORÁRIOS
famalicaohoir11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

brunocostaTrês anos depois do último aparecimento como piloto, o famalicense Bruno Costa prepara o regresso à competição, onde irá participar no Rali de Famalicão que se realiza dentro de semana e meia.

Apesar de afastado dos volantes, Bruno Costa manteve-se sempre na competição onde é o responsável técnico da equipa Macominho Sport, local onde montou o seu novo carro.

A nova montada do piloto de Famalicão é um Mitsubishi Lancer Evolution VI, "um carro feito totalmente de novo", e onde Bruno Costa espera alcançar resultados de relevo tal e qual como acontecia no passado com carros de cilindrada inferior.

Os primeiros testes já aconteceram e Costa mostrou-se muito agradado com o carro, "demoramos mais de um ano a construi-lo, e agora é altura de testar tudo ao pormenor. A primeira impressões que tiro é que isto é um verdadeiro carro de corrida, que precisa de muita habituação, contudo estou muito satisfeito com este primeiro contacto", disse o piloto.

Já em relação ao Rali de Famalicão o piloto refere, "não tenho nenhum lugar em especial como meta, quem me conhece sabe que dou sempre o meu melhor. Não posso esquecer que estou parado à três anos e neste momento não tenho o ritmo competitivo dos meus adversário".

Neste regresso Bruno Costa irá contar com Nuno Almeida no banco do lado direito, "para alem de um bom navegador o Nuno é também um amigo, juntando a amizade à experiencia que ele tem neste tipo de carro, temos tudo para fazer uma dupla perfeita", concluiu o piloto da Macominho Sport.

motavenceouro11Num rali totalmente novo e com um esquema de um troço com quatro passagens, todas em asfalto, Luís Mota fez juz aos seus títulos regionais e vence de forma categórica o Rali Coração de Ouro, com uma prestação que pode ser considerada dourada.

A desistência de Renato Pita a seguir ao primeiro troço, por problemas eléctricos no Mitsubishi, permitiu a Alberto Cabral assumir de pronto o segundo lugar com o seu Evo VII, posição que não mais largou, tendo feito uma prova sem problemas.

Excelente ponta final de Rui Salgado no Peugeot 306 GTi. Subiu no derradeiro troço do 5º lugar ao 3º posto, depois de um excelente crono nessa especial, enquanto Nuno Cardoso (Mitsubishi Carisma GT), que tinha quase essa posição assegurada, descia várias posições.

Destaque ainda para as boas provas de Miguelo Carvalho e André Martins, ambos em Citroen Saxo, que fecharam o top 5.

Nos extra a vitória foi para o potente Porsche de Rui Garcia, ficando Ivo Nogueira no Citroen DS3 no segundo lugar mas apenas a 7,4s. O terceiro posto nos Extra foi para o Ford Escort de Paulo Torres.

LÍDERES DO RALI:
Luís Mota (1ª à 4ª PEC)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Luís Mota (4)

CLASSIFICAÇÃO FINAL (link)
1º Luís Mota / Alexandre Ramos – Mitsubishi Lancer Evo VI a 22m26,7s
2º Alberto Cabral / Fernando Vaz – Mitsubishi Lancer Evo VII a 32,1s
3º Rui Salgado / Luís Godinho – Peugeot 39 GTi a 47,8s
4º Miguel Carvalho / Miguel Cruz – Citroen Saxo a 52,0s
5º André Martins / Ricardo Torres – Citroen Saxo a 1m03,5s
6º Nuno Cardoso / André Guedes - Mitsubishi Carisma Gt a 1m05,0s
7º Júlio Bastos / Aníbal Pereira – BMW M3 a 1m37,1s
8º António Oliveira / António Campos – Peugeot 205 GTi a 2m06,2s

PILOTO DE RALI
Luís Mota
MOMENTO DO RALI
Desistência de Renato Pita após o 1º troço
MENOS DO RALI
Ausência de luta pelo primeiro lugar