faceralis

 

posvendaclick

Eventos

ruiO RallySpirit Altronix vai marcar presença num dos mais destacados Rally-Legends europeus da atualidade – o Vosges Rallye Festival -, promovendo a sua "marca" com a presença de "embaixadores" muito especiais: o ex-Campeão do Mundo de Ralis, Rui Madeira, e a mundialmente famosa Renault 4L, guiada por Pinto dos Santos!

Entre 22 e 24 de agosto, as emoções do RallySpirit Altronix 2019 vão passar também pelo... Vosges Rallye Festival! Dois ralis disputados em países diferentes e com percursos evolutivos distintos, mas que reúnem as mesmas ambições, ou seja, representar o que de melhor se faz na Europa em termos de Rally-Legends. Um conceito muito específico de prova, que reúne os melhores carros de ralis de todos os tempos e que desperta o interesse de cada vez mais adeptos do desporto automóvel.

Nascido em 2015, o RallySpirit Altronix (que este ano se disputa entre 8 e 10 de novembro), tem denotado forte crescimento em termos de equipas e aficionados, algo que a prova pretende agora potencializar, ainda mais, com a presença no Vosges Rallye Festival. Este é um dos mais prestigiados Rally-Legends europeus da atualidade, que integra, juntamente como o Eifel Rally Festival, Rallye Festival Transmiera e Austrian Rallye Legends (outros pesos-pesados desta variante dos ralis), o denominado "Slowly Sideways Series".

Aliás, a este conceituado quarteto de emblemáticas provas, poderá juntar-se, em breve, o RallySpirit Altronix, sendo essa, de resto, uma das ambições que leva os organizadores da prova portuguesa a dar resposta positiva ao convite efetuado pela organização francesa para marcar presença na prova.

Mais do que levar uma simples delegação portuguesa que irá promover o RallySpirit Altronix além-fronteiras, duas emblemáticas equipas portuguesas participarão na prova francesa, elevando assim a projeção do rali português a outro nível. Os nomes (quase) dispensam apresentações: Rui Madeira, ex-Campeão do Mundo de Ralis de Produção, com o famoso Mitsubishi Lancer Evo III (equivalente ao que lhe permitiu assegurar o título em 1995), e Pinto dos Santos, com a não menos famosa e respeitável Renault 4 L, que muita animação emprestou a diversas provas do Campeonato do Mundo dos Ralis, entre 1997 e 2000.

Embaixadores de luxo

Vestindo a pele de "embaixador" da prova portuguesa durante o Vosges Rallye Festival (figura acentuada pelo facto de levar ao seu lado, como navegador, Pedro Ortigão, um dos principais responsáveis pelo RallySpirit Altronix), Rui Madeira mostra-se entusiasmado pela participação na prova francesa: "Depois da participação no Rally Festival Transmiera é com muito agrado que encaro agora a presença no Vosges Rallye Festival, que disputaremos com o mesmo espírito de diversão. É mais uma oportunidade para reviver os velhos tempos de competição ao volante do Mitsubishi Lancer Evo III que me diz muito, e de estar com outros pilotos e equipas da minha geração, num ambiente de descontração, próprio deste tipo de provas. Com o Pedro Ortigão como navegador, estão reunidas as condições para darmos um bom espetáculo e ajudar a promover o RallySpirit Altronix, a prova portuguesa que já começa a ter também visibilidade internacional".

Para Pedro Ortigão, que ocupará a "bacquet" do lado direito do Mitsubishi Lancer Evo III, distribuindo o seu tempo entre a navegação a Rui Madeira e a promoção do RallySpirit Altronix, "foi com grande satisfação que acolhemos o convite da organização do Vosges Rallye Festival para representarmos o RallySpirit Altronix, da mesma maneira que, em termos pessoais, poder fazê-lo forma ativa ao lado de um piloto como o Rui Madeira, só pode ser um motivo de grande honra. No fundo, é juntar o útil ao agradável e aproveitar uma oportunidade soberana para o RallySpirit Altronix dar mais um passo positivo para a internacionalização, dando-se a conhecer a equipas que integram a 'Slowly Sideways Series', uma Série que muito gostaríamos de poder integrar a curto/médio prazo".

A esta "task force" para promover o RallySpirit Altronix além-fronteiras, também se associa António Pinto dos Santos e a carismática Renault 4 L, bem conhecida dos adeptos do "Mundial" de Ralis e dos Rally-Legends europeus. Para o piloto de Arganil, "é com enorme honra que encaro a figura de 'embaixador' do RallySpirit Altronix neste Vosges Rallye Festival, pois gosto muito da prova portuguesa e penso que tem tudo para se tornar uma das melhores europeias do género, devido à evolução sustentável que tem vindo a fazer. Em relação à prova francesa, também a encaro, como é habitual, com enorme otimismo, naquela que será mais uma fantástica oportunidade para que a Renault 4 L enriqueça o palmarés e logo a "jogar em casa", com o apoio dos adeptos franceses e numa altura em que o modelo está prestes a comemorar 60 anos".

Estão, portanto, reunidas todas as condições para que o RallySpirit Altronix veja a imagem internacional reforçada já em 2019, agora que a presença no Vosges Rallye Festival 2019 está assegurada.

fiestar5Fotos: OFICIAIS M-SPORT (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: FORD FIESTA R5 2019
Data: junho 2019
Site: www.ralisonline.net

 

pueg208Fotos: Peugeot oficias (Proíbida a reprodução de fotos sem indicação da fonte)
Evento: Peugeot 208 R2
Data: abril 2019
Site: www.ralisonline.net

 

alpineCampeã do Mundo em 1973, a Alpine escreveu, nos ralis, algumas das mais belas páginas da sua história e o regresso da marca a esta disciplina era fortemente aguardado!

A Signatech foi encarregada da conceção e desenvolvimento de uma versão de ralis do Alpine A110, mas com o espírito do modelo de série.

Derivada do A110 Cup, esta versão de duas rodas motrizes terá cerca de 300 cavalos e destinar-se-á, principalmente, às provas de asfalto, para pilotos que procurem um modelo de elevado desempenho e de muito fácil adaptação. A homologação e definição da respetiva categoria estão em processo de discussão com a FFSA e a FIA.

O primeiros exemplares do Alpine A110 «Rallye» poderão ser encomendados no segundo semestre de 2019 e serão entregues até ao final do ano.

 

peugeotr2O novíssimo Peugeot 208R2, sucessor do atual Peugeot 208 R2, o carro de ralis mais vendido da história da Peugeot SPort e também o best-seller da sua categoria, realizou este fim de semana os primeiros testes de estrada na região francesa dos Vosges, dando início à fase de testes dinâmicos.

O novo Peugeot 208R2 tem como base o novo Peugeot 208 de estrada, modelo que foi revelado no mês passado, no Salão Automóvel de Genebra, na Suíça, e está equipado com um motor PureTech de 3 cilindros e 1.2 litros, sobrealimentado, de acordo com a regulamentação FIA R2C.

Os engenheiros da Peugeot SPORT trabalham neste carro completamente novo desde o verão do ano passado. Baseado no novo Peugeot 208 de estrada, o novo Peugeot 208R2 beneficia de todas as evoluções técnicas e estéticas que caracterizam aquele modelo.

O novo Peugeot 208R2 tem, sobre si, uma enorme responsabilidade, como herdeiro do modelo de ralis mais popular de sempre da Peugeot e o mais vendido nesta categoria de carros de competição, com mais de 450 exemplares construídos. Os engenheiros da Peugeot Sport tiveram uma tarefa precisa: criar um carro rápido e fiável, divertido de conduzir, mas que também beneficia de ter custos associados tão baixos quanto possível. A enorme experiência acumulada pela Peugeot Sport ao longo dos anos e os resultados dos primeiros testes sugerem que estes objetivos já estão a ser cumpridos.

O novo Peugeot 208R2 está equipado com o motor 3 cilindros e 1.2 litros, uma unidade que assenta na tecnologia PureTech. Particularmente potente na sua versão comercial, este motor foi adaptado pelos engenheiros da Peugeot Sport para a competição através da adoção de um turbo de maiores dimensões, um sistema de gestão de competição e uma nova caixa de velocidades. Tudo está contido na nova plataforma CMP – nova plataforma comum a todos os modelos do segmento B do Groupe PSA – que garante um menor peso e uma maior dinâmica, tornando a sensação de performance ainda mais desportiva.

O objetivo é entregar as primeiras unidades a tempo para a temporada de ralis de 2020.

Bruno Famin – Diretor da Peugeot Sport

"Fiquei muito satisfeito ao assistir aos primeiros testes do modelo mais recente da PEUGEOT Sport: o novo PEUGEOT 208R2. Trata-se de um momento muito importante para a Peugeot Sport, entidade para quem a designada Competição Cliente é, mais do que nunca, o foco principal da nossa atividade. Com o novo Peugeot 208R2, queremos propor aos nossos clientes um modelo competitivo e fiável, muito divertido de conduzir e com custos operacionais mínimos: não há qualquer razão para mudar a fórmula vencedora aplicada no R2. As melhorias surgem, acima de tudo, graças ao novo motor PureTech turbo de 1.2 litros, que levará a um aumento substancial em termos de performance. Agora chegámos à fase de testes dinâmicos, um passo fundamental no desenvolvimento do carro. O objetivo para os próximos meses será evoluir o trabalho já realizado e ganhar o máximo de experiência e de dados, através de uma série de outros testes, em todos os tipos de superfícies e sob uma grande variedade de condições. Isso permitir-nos-á definir e, depois, confirmar as especificações técnicas finais do modelo, de modo a estar apto a atacar a temporada de 2020."

RALIS ONLINE TV

RALIS ONLINE TV 2